Guarnições de travão e de fricção

Para a produção de guarnições de travão e de fricção de alta qualidade, são necessárias matérias-primas muito diferentes. Dependendo da utilização prevista (indústria automóvel, setor ferroviário, indústria, motociclos, etc.), os requisitos podem ser muito diferentes. Porém, em princípio, todas as guarnições de travão contêm pós de metal (Cu, CuSn, CuZn, Fe, ligas isentas de Cu, etc.), bem como componentes abrasivos (zircónio, óxido de alumínio, nesossilicatos, etc.) e componentes deslizantes (grafite, MoS2, caulim, etc.) e modificadores de fricção (p. ex., titanatos).

O NOSSO CONTACTO

O objetivo é um excelente desempenho de travagem com um conforto máximo (minimização do ruído, da vibração, da dureza de travagem) e limitar o desgaste das guarnições e dos discos de travão.

Há mais de 30 anos que desenvolvemos e otimizamos matérias-primas adequadas, em estreita colaboração com fabricantes de guarnições de travão e de fricção. Dispomos de uma grande variedade de materiais alternativos, em particular no que se refere aos titanatos e ao silicato de zircónio, utilizados com sucesso pelos nossos clientes.

  • Grafite

  • Caulim

  • Talco

  • Silicato de zircónio

  • Óxido de alumínio

  • Mulite, chamote

  • Óxidos, fundidos (Mg, Ca, Zr)

  • Titanatos (K, Na, Ca)

  • Óxidos de metal (Al, Ti, Cr, Fe, etc.)

  • FeCr, FeMo, FeNb, FeAl, AlMg, etc.

  • FeSi 15, FeSi 45, FeSi 50, etc.

  • Al, Cr, Fe, Mn, Mo, W, etc. pó de aço etc.

  • Cu, CuZn, CuSn, etc.

REGRESSAR À PANORÂMICA